CANHOTA 10

Noroeste traz bom empate de Penápolis

É o beabá dos pontos corridos (neste caso específico, da fase de classificação): vencer em casa e trazer o máximo de pontos jogando fora. Assim caminha o Noroeste neste início de Série A-2. Dois jogos e dois empates como visitante, vitória no Alfredão. O 1 a 1 com o Penapolense foi importantísssimo, principalmente levando-se em conta a pressão do time mandante no primeiro tempo. Gols na etapa inicial: Fio (velho de guerra em Itápolis, ao lado de Luciano Gigante e do técnico Ito Roque) abriu o placar aos 26; Boka empatou, cobrando pênalti sofrido por Romário aos 37.

Segundo a transmissão dos colegas da dobradinha 87FM/Jornada Esportiva, o time de Penápolis foi superior tecnicamente, mas o Norusca soube se comportar na contensão – e Nicolas se recuperou do erro no gol sofrido salvando em lances difíceis. Foi a mesma visão do professor Marco Antônio, ao microfone da Auri-Verde, que também comentou que o centroavante Boka mal tocou na bola – ela não chegou ao camisa 9. Mas, creio que está bem no lucro, o importante agora é somar pontos – deixemos o futebol consistente e vistoso para sábado.

Para seguir a cartilha, a torcida espera uma vitória convincente no sábado (16h), contra a Ferroviária. Espero que  a diretoria se prepare para não ser surpreendida pela falta de ingressos. O borderô do jogo contra o Velo Clube veio sem os ingressos improvisados na conta – algo que deve estar justificado no boletim de ocorrência. Mais uma dica para o clube: divulgar, além do público pagante, o público total (inclui cadeiras cativas, sócios-torcedores, carnês, credenciados, não-pagantes, etc).

O Alvirrubro empatou jogando com Nicolas; Bira, Thiago Jr, Marcelinho e Velicka (Alexandre); Everton Garroni, França (Betinho), Juninho e Leandro Oliveira (Léo Nascimento); Romário e Boka.

(Foto de Thiago Navarro/Noroeste)

Comentários

  1. MARCOS CUNHA disse:

    ACABEI DE CHEGAR DE PENÁPOLIS E GOSTEI DA POSTURA DO TIME,O QUE NÓS NÃO ESTAMOS ACOSTUMADOS É VER NOSSO TIME JOGAR SÓMENTE COM UM VOLANTE DE MARCAÇÃO,SEMPRE JOGAMOS COM DOIS E ATÉ TRÊS,QUE SÓMENTE SABIAM DESTRUIR E ERRAVAM ATÉ PASSE DE 5 METROS,HOJE O JUNINHO E O FRANÇA QUASE SEMPRE APARECEM COMO ELEMENTO SURPRESA,SENDO MAIS UM ATACANTE NA ÁREA,NESSE ÍMPETO DA JUVENTUDE ACABAMOS POR LEVAR ALGUNS CONTRA ATAQUES,MAS QUE COM O PASSAR DOS JOGOS O AMAURY ARRUMARA UMA FÓRMULA PARA SANAR ESSA DEFICIÊNCIA.QUANTO AO BOKA NO SEGUNDO TEMPO ELE PERDEU 2 GOLS INCRÍVEIS E SE DESLOCOU BASTANTE LEVANDO A MARCAÇÃO,O ROMARIO VOLTOU A JOGAR BEM,COMO NO JOGO DE RIO PRETO E O OLIVEIRA ERA MARCADO SEMPRE POR DOIS,ISSO QUER DIZER QUE TINHA “OLHEIRO” NO DOMINGO AQUI EM BAURU.
    P.S. ASSISTI O JOGO OUVINDO A RÁDIO DE PENÁPOLIS E O NARRADOR PEDIA PELO AMOR DE DEUS PARA O AMAURY TIRAR O ROMARIO,PARA O JUIZ EXPULSAR O ROMARIO,PARA QUE O ROMÁRIO TIVESSE UMA DOR DE DENTE,POIS ELE ESCONDIA A BOLA E OS JOGADORES DA CASA NÃO ENCONTRAVAM E SE PERDURASSE MUITO O NARRADOR ACHAVA QUE O ROMARIO FARIA O SEGUNDO GOL…