CANHOTA 10

Noroeste traz bom empate de Marília

Quando o MAC chegou, com Fausto, Walter trabalhou bem (foto de Daniel Rizzo/Agência Bom Dia)

Diante de um surpreendente público de 2.687 pagantes, o clássico regional terminou como começou. Apesar do placar zerado, não foi um jogo ruim – pelo menos sob o ponto de vista do meu ouvido, ligado na dobradinha 87FM/Jornada Esportiva. O Noroeste se comportou bem em Marília, passou poucos sustos e até deu trabalho ao goleiro adversário – principalmente no final do primeiro tempo.

No segundo tempo, Knevitz foi um pouco ousado. Trocou s eus dois meias ofensivos por dois atacantes. Disse um pouco porque não chegou a ficar exposto – trocou a armação plea ligação direta e manteve seu sistema defensivo posicionado da mesma forma. Dessa forma, segue invicto na Copa Paulista, soma cinco pontos em nove disputados e agora espera-se que vença os dois próximos jogos no Alfredão – só assim ganhará de vez a confiança do torcedor.

Pode-se se considerar um bom resultado, além de ser na casa do arquirrival, pelo fato de o Tigre ter no papel um time superior – mas que se mostrou mais cansado por disputar, simultaneamente, a Série D nacional. No fim das contas, valeu mais a entrega dos alvirrubros do que a experiência de Gadelha, Fausto e cia.

O Noroeste empatou com o MAC com Walter; Bira, Lima, Samuel e Ralph; Kasado, Johnnattan, Giovanni, Velicka (Daniel Grando) e Leandro Oliveira (Diogo); Fernando Russi. O próximo desafio será no sábado (28/7), às 15h30.