CANHOTA 10

Noroeste perde a invencibilidade em Sorocaba

Uma hora isso ia acontecer. Se foi cedo demais ou no momento certo – para corrigir os erros -, saberemos mais à frente. A invencibilidade do Noroeste foi embora na tarde desta quarta (8/2), derrota de 1 a 0 para o Atlético Sorocaba.

Não que o adversário tenha jogado bem, na verdade o Norusca, pelos comentários dos colegas em cobertura presencial, pagou o preço de suas próprias falhas. Tanto defensivas quanto lá na frente, perdendo gols fáceis nos pés de França e Roberto.

O goleiro Nicolas novamente trabalhou bastante, é um dos grandes destaques do time até aqui na Série A-2. Tanto que lutou o quanto pôde para evitar o gol sorocabano, fazendo defesas sucessivas – e goleiro ser o destaque do time não costuma ser bom sinal…

Com o resultado, o Alvirrubro está no limite do G-8, a sete pontos do líder Red Bull (campanha impecável até aqui, só vitórias). O técnico Amauri Kenvitz, em entrevista à 87FM/Jornada Esportiva, manteve a fala calma, mas cobrou melhor postura dos jogadores. A força noroestina na luta pelo acesso será mais uma vez testada fora de casa no domingo, contra o Rio Preto (às 10h).

O lado positivo da partida foi a boa entrada de Alexandre na lateral-esquerda, deslocando Velicka para o meio. Ao contrário do que comentei na coluna da semana, a solução do treinador é tirar Romarinho, o que o desobriga a fazer um quadrado no meio. Mas só vendo em campo para eu entender se ele deslocará Leandro Oliveira para o ataque ou jogará no 4-5-1.

Foto de Assis Cavalcante/Agência Bom Dia