CANHOTA 10

Melhor em campo, Noroeste empata com Botafogo

Atrás no placar duas vezes, Alvirrubro traz ponto importante de Ribeirão Preto; veja os gols no final do texto
DE BAURU
ligado no Jornada Esportiva e na Jovem Auri-Verde
*

À primeira vista, dois pontos em seis possíveis – e um Corinthians no Pacaembu pela frente – não parece um começo animador. Mas, pelo que o Noroeste tem produzido ofensivamente, a perspectiva é boa para o restante do Paulistão. Ao mesmo tempo, é consenso que a zaga preocupa e que o time ainda não é regular – atua bem em apenas 45 minutos. Quando for menos inconstante, resultados melhores virão.

O empate em 2 a 2 com o Botafogo em Ribeirão Preto, nessa quinta (20/1), foi bom por dois fatores: pontuar fora de casa e pela reação do time. O segundo gol do adversário, num grande vacilo de Da Silva, poderia “mexer no emocional” da equipe, como costuma dizer o técnico Luciano Dias. Se mexeu, foi positivamente: o Alvirrubro era melhor em campo quando tomou esse revés, mas continuou pressionando a Pantera até chegar ao gol de Zé Carlos. Detalhe: o camisa 9 noroestino não marcava um gol oficial há quase nove meses, desde a vitória noroestina por 2 a 1 sobre o ex-Guaratinguetá, na despedida da A2 (1º de maio de 2010).

Domingo, às 17h, o Norusca encara o Corinthians, no Pacaembu. Ainda não se sabe se o Timão vai com os titulares (tem Pré-Libertadores dia 26) e, a princípio, Otacílio Neto não joga por cláusula do contrato de empréstimo.

Vamos ao jogo (dados da ficha técnica são oficiais, conferidos na súmula).

TEMPO

O torcedor bauruense mal se ajeita na cadeira e passa o primeiro susto: aos dois minutos, André Luis salva em grande defesa chute de Assisinho. Sem conseguir tomar iniciativa, o Noroeste vê o Botafogo tramar sempre pela direita.

Aos 12, o primeiro gol: Andrezinho cobra falta, Dirceu escora, a bola resvala na zaga alvirrubra e sobra para Rodrigo Soares (ex-Pontes), praticamente debaixo da trave, empurrar pra dentro. Três minutos depois, o Noroeste arrisca seu primeiro chute, com Ricardinho – Júlio César encaixa.

Assim como o Bauru Basket – que tenta bola de três quando está difícil infiltrar -, o Noroeste passa a chutar de fora da área. Aos 19, Vandinho obriga o goleiro a espalmar para escanteio.

A partir daí, o jogo amarra e o Botafogo se posiciona para puxar contra-ataques – sem, no entanto, oferecer muito perigo à zaga alvirrubra. Só aos 40 vem um novo chute de longe dos bauruenses: é a vez de Ricardinho fazer Júlio César se esticar. Do escanteio gerado, Vandinho recebe e conclui para nova defesa do camisa 1 tricolor.

Os momentos finais são palpitantes. Aos 42, Ramón, livre, cabeceia para fora um gol certo, para desespero dos torcedores locais. Dois minutos à frente, Márcio Gabriel evita a saída da bola pela linha de fundo e cruza para Otacílio marcar – o bandeira, equivocadamente, acusa tiro de meta e o gol é anulado.

2º TEMPO

Com a entrada de Thiago Marin no lugar de Vandinho, o Noroeste fica com a formação que me parece ideal – um meia de ofício ao lado de Ricardinho. A mudança permite que Gleidson apoie mais, a ponto de dar a assistência do gol de empate, aos 12. O camisa 6 cruza para Ricardinho concluir de cabeça, no canto esquerdo.

Empolgado, o Trem-Bala segue veloz. Aos 16, Otacílio Neto chuta cruzado e Júlio César desvia o suficiente para evitar que a bola chegue a Zé Carlos. Três minutos depois, mais uma vez o Alvirrubro, muito melhor em campo: Gleidson centra, o cangaceiro Tatá cabeceia, Júlio César espalma e a zaga bate cabeça antes de se livrar do perigo.

Aos 22 minutos, o inesperado. Moacir, poucos segundos depois de entrar, ganha bola de graça após falha de Da Silva, invade a área e bate forte, cruzado. O gol clichê: quem não faz, toma…

O Noroeste, ainda bem, não se abate. Busca o empate pouco depois. Otacílio Neto carimba a trave em chute de fora da área e, no rebote, Márcio Gabriel avança e sofre pênalti de Andrezinho. Zé Carlos cobra bem, aos 29, tirando o goleiro da foto.

Sem a uruca, Zé faz boa jogada aos 32, ao ajeitar para chute Otacílio Neto. Mais uma vez, o camisa 10 carimba a trave.

O Botafogo, acuado, só chega em cobrança de falta de Marcinho, aos 39, defendida por André Luis. O goleiro noroestino volta a garantir o empate aos 44, em chute de Moacir.

PÓS-JOGO

Em entrevista ao repórter Jota Augusto, da Jovem Auri-Verde, Luciano Dias comemorou a postura do time. “O jogo foi franco, aberto. Hoje tivemos mais coragem para atacar e demos menos espaço, mas precisamos melhorar nossa atenção. Evoluímos, reagimos, mas falta mais concentração nos pequenos detalhes. Olhamos muito a bola e damos combate na hora errada, propiciando que o adversário faça o giro”, concluiu o trenador. Sobre o Corinthians, alertou: “Temos que ter atenção defensiva para não precisar correr dobrado. O favorito é o Corinthians, claro. Vamos tentar vencer e, sobretudo, não perder”.

Apesar do empate jogando melhor, os jogadores saíram satisfeitos com o que produziram. “Soubemos criar e nos superamos para buscar o empate. Vamos sempre buscar pontos fora”, avisou Marcelinho. “Não é fácil jogar aqui. Falta acertar uns detalhes [para o jogo contra o Corinthians] e mostramos que temos condições de buscar resultado positivo lá”,  constatou Zé Carlos. “O Botafogo deixou jogar e fizemos um bom jogo”, concluiu Márcio Gabriel.

OTACÍLIO x CORINTHIANS

Por força de contrato, Otacílio Neto não pode enfrentar o clube que detém seus direitos, a não ser que haja um acordo ou pagamento de multa. “Torço para o Seo Damião pagar a multa e o Otacílio jogar”, disse Zé Carlos. “Vamos ver o que o Seo Damião vai fazer. Também vou pedir”, comentou o próprio Tatá. A fala de Luciano Dias parecia mais resignada: “Vamos ver o que tem reservado para ele…”. Declarações sempre dadas ao Jota Augusto, registre-se.

Duas observações:
1) Sim, ouvi Jornada e Auri-Verde ao mesmo tempo. Com o delay, era possível acompanhar o mesmo lance duas vezes.
2) Como viu na ficha, não considero que o Noroeste joga no 4-3-3, mesmo com o próprio Luciano afirmando escalar três atacantes – pra mim, está jogando pra galera. A verdade é que Vandinho é atacante de origem e, escalado na meia, acaba por se posicionar mais perto da dupla de frente quando o Noroeste tem a bola – sobrecarregando Ricardinho na armação. Sem ela, porém, o posicionamento defensivo do meio-campo noroestino é claro: um quadrado, com Francis na direita e Marcelinho na esquerda, mais atrás, seguidos de Ricardinho na direita e Vandinho na esquerda. Fossem três atacantes, Vandinho cairia mais pela direita, o que pouco acontece. Ele trama com Otacílio e Gleidson pela esquerda. É Ricardinho quem se aproxima mais de Márcio Gabriel.

Foto na homepage: Reprodução Folha.com/Júnior Silva/Folha Press

Comentários

  1. Kelly disse:

    Gostei do jogo, achei que o Norusca começou um pouco quieto, mas após o primeiro gol do Botafogo e principalmente no 2 tempo a equipe acordou. E ai conseguiu chegar bem, gostei do Tata jogando, arriscou bastante e qse marcou 2 vezes. Se não fosse o gol, na minha concepção, mal anulado. Sairamos com a vitória. Mas o empate foi muito bom para o Noroete.

  2. CESAR MELLEIRO disse:

    ASSISTI A PARTIDA TODA PELA TV NOS PRIMEIROS 20 MINUTOS VI UM NOROESTE PERDIDO MAS APÓS TOMAR O PRIMEIRO GOL O TIME ACORDOU E PASSOU A JOGAR MELHOR QUE O BOTAFOGO, E NO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO AQUELE GOL LEGITIMO ANULADO PELO BANDEIRA. NO SEGUNDO TEMPO O NOROESTE VOLTOU BEM MELHOR EMPATOU TOMOU O SEGUNDO MAS EMPATOU DE NOVO E TEMPO MAIS OPORTUNIDADES QUE O BOTAFOGO, SENDO NA MINHA OPNIÃO OS MELHORES RICARDINHO (GUARDEM ESSE NOME)POIS IRÁ DAR MUITAS ALEGRIAS AOS TORCEDORES, TOMARA QUE COMPREM LOGO OS SEU DIREITOS FEDERATIVOS, O OCTACILIO NETO JOGOU BEM E NOVAMENTE O MÁRCIO GABRIEL MUITO BEM. AGORA O NOSSO ZAGUEIRO MATHEUS DÁ LICENÇA É MUITO FRACO NÃO MERCE SER TITULAR DESTA EQUIPE. COMO DIZ O GRANDE NARRADOR DA RÁDIO GLOBO OSCAR ULISSES O CARA É EMOÇÃO PURA. FORA MATHEUS.EM TEMPO ATÉ O LUCIANO DIAS ACERTOU NAS ALTERAÇÕES.

  3. Reynaldo disse:

    Eu acredito que aos poucos o Norusca ira se acertar e com certeza dara muitas alegrias a nossa torcida. Quanto a nossa dupla de zagueiros, ela realmente esta dando muita mancada e com certeza esta deixando nos torcedores bem preocupados. Fico imaginando o estrago que ela pode nos causar enfrentando o Dentinho e cia.Vamos rezar pra tudo e santo pra que ela possa reverter esta situacao e se dar bem neste jogo Alias nao tem como pensar o contrario. Da-lhe Norusca!

  4. Ricardo disse:

    Cesar acho que vc não entende nada de futebol, falar que o Matheus é muito ruim. Quem foi melhor do que ele ali na zaga?…

  5. Fernando BH disse:

    O comentário do Ricardo foi editado por trazer palavras ofensivas. Pega leve, amigo…

  6. Reynaldo disse:

    Eu assisti o ultimo video do Bom Dia na Aquibancada e la vc comentou que a dupla de zagueiros que jogou pelo Santos naquela derrota para o Corinthians por 7 a 1 se eu nao me engano era o Matheus e o Hallison. Neste jogo me parece que os jogadores do Santos estavam a fim de ferrar o tecnico Nelsinho Batista…O que qcontece com o Matheus e que ele nao esta atravessando uma boa fase. Dai seria melhor que o tecnico desse um tempo pra ele se recuperar pra que nao caia em desgraca ele e o proprio Norusca. Apesar que eu acho que jogara amanha contra o Corinthians..