CANHOTA 10

Ronaldinho no Flamengo

Pitacos sobre a maior notícia da pré-temporada e expectativa sobre seu desempenho no time carioca

Vou ser breve. Preciso dormir e muito já foi dito sobre a novela Ronaldinho Gaúcho. Em tópicos, então, vai mais rápido.

• Será que Assis disse “Negócio fechado!”, mesmo, a Grêmio e Palmeiras? Acho que não, mas isso não o isenta. Sua conduta de “passar o mel” em todos os envolvidos só serviu para criar um clima de constrangimento no futebol brasileiro.

• Acho (mas eu só acho…) que a diretoria do Grêmio blefou. Com menos grana, afirmou ter o acerto para puxar Ronaldinho pela emoção. A coletiva no Copacabana Palace foi um duro golpe. Comprovou que o sentimento de R10 pelo Tricolor é bem tímido… “O Grêmio é (da) minha cidade”. Só disse isso, quando todos esperavam uma declaração de amor.

• O fato de trabalhar na surdida e ir com tudo para cima de Galliani depois que o cartola do Milan se revelou rubro-negro foi o xeque-mate do Flamengo. Claro que a vontade do jogador prevelace: e no Rio de Janeiro tem sol e muito, muito samba…

• O Palmeiras foi o primeiro clube a abrir negociação, no final de 2009, e deve ter sido difícil ver a ex-parceira Traffic bancar a contratação para o Flamengo.

• Ronaldinho vai render no Flamengo? Sim. Muito dinheiro, com venda de camisas e um patrocínio master valorizado – para o lugar da Batavo. Vai passear contra os times pequenos do Rio, fazer firula e encantar a galera – tudo dentro do charme do Estadual carioca. Sua prova de fogo serão as fases decisivas da Copa do Brasil e, claro, o Brasileirão. Mais que isso: as concentrações, as viagens, os estádios muito aquém das arenas lindonas às quais se acostumou na Europa.

• Mas, é como todos dizem. Se render metade do que pode, já dá show. Torcida não falta para ver isso acontecer. Não só dos rubro-negros, mas de muitos amantes do futebol. Excetuando rivais cariocas, gremistas e palmeirenses, claro.

Comentários

  1. Thiago Blazissa Martini disse:

    BH, se ele ganhar um carioca já será bom demais. Ronaldinho de hoje é igual circo, não é efetivo. Só faltaram o Denílson e a foquinha Kerlon para completar o “timaço” hehe
    Se o Flamengo ganhar o Brasileiro eu até tiro a mão do bolso e o presenteio com uma camisa do Ronaldinho. Agora, caso a derrota antecipada se concretizar, eu quero uma camisa da Argentina, do Messi. Abraços