CANHOTA 10

Boa Esporte segue sua gangorra na Série B

Tricolor perdeu para o Paraná Clube na abertura do returno

Prepare o coração, torcedor boveta. Será sufoco até o fim. Como já disse neste espaço, uma vitória na concorrida Série B é subir de elevador. Uma derrota é queda livre… Ao perder para o Paraná Clube, pela 20ª rodada, o Boa Esporte estacionou na 13ª posição, sete pontos atrás do G-4 e apenas três acima da zona do rebaixamento.

O Tricolor não se acanhou, atacou bastante, mas o time paranista foi eficiente nas poucas vezes que subiu ao ataque. Escalado num 4-4-2 que variava para o 4-5-1 (com os recuos de Ramon), o Boa segue desfalcado do lateral-direito Jackson. Marcelinho tem sido escalado improvisasdo no setor. E Waldison, depois de dois pênaltis perdidos, foi parar no banco.

Uma curiosidade, apra quem não viu. Na camisa do time, sem patrocinador master, estava escrita a frase “Venha para Varginha”. Mais um sinal da proximidade da diretoria com a prefeitura da terra do ET. E novamente o prefeito Eduardo Corujinha viajou com a delegação e atuou como médico da equipe. Ah! Teve telão de novo na praça do ET, no palco da concha acústica.

O próximo desafio da Coruja é sábado, em Varginha, contra o São Caetano.

Comentários

  1. Renan disse:

    Realmente o Boa está brincando de gangorra na série B!

    Sobre a frase “Venha para Varginha”, na minha opinião, o recurso serve para que a mídia nacional pare de falar que o time não tem casa (uma vez que a comitiva Boveta veio de Ituiutaba para Varginha no início do Brasileirão em busca de estrutura).

    Para o jogo contra o São Caetano, o time vem com quatro desfalques. Thiago Carvalho e Vinícius estão suspensos por conta do número de cartões amarelos; Marinho Donizete e Olívio, expulsos no Paraná, não jogarão.

    Em compensação o time anunciou dois reforços na quinta-feira a tarde, o atacante Marques (ex Vila Nova) e o volante Marcel (ex Democratas de Governador Valadares). Outra novidade é a reestreia do zagueiro Carciano, sem jogar à 2 meses, retorna à campo após recuperação de fratura no pé direito.

    Carciano já havia sido relacionado contra o Paraná, mas, não atuou.

    Para os torcedores do Corujão, o jeito é acreditar e torcer!