CANHOTA 10

Entrevista de Batata ao Jornada

Nessa terça-feira (1/3), o secretário de esportes e lazer de Bauru, Batata, esteve no programa Por Dentro do Esporte (diariamente, a partir das 20h30, aqui), da web rádio Jornada Esportiva, respondendo aos questionamentos dos colegas Rafael Antonio e Thiago Navarro e de seus internautas – sempre muito participativos.

Peguei o bonde andando e as perguntas que queria fazer já haviam sido respondidas. Solícito, o Rafa me contou detalhes do papo, que rendeu bastante. Resta-me abrir aspas e reproduzir as impressões do colega, repercutindo a entrevista do secretário.

CEDESP (complexo esportivo para abrigar os Jogos Abertos 2012)
“Existe o projeto da pista de atletismo no Edmundo Coube e das piscinas na região do Jardim Europa, onde o Baroninho chegou a construir alguns campos de futebol. Quanto ao ginásio, senti do secretário e do diretor de esportes [Roger Barude] que a Panela de Pressão será mesmo o grande palco de eventos nos Jogos Abertos.”

SUB-SEDE DA COPA 2014
“Questionei sobre o otimismo que ele demonstrou dia desses entrevistado na TV Tem. Apesar de eu não partilhar este otimismo dele, o Batata quis me convencer que o fato de Bauru possuir um aeroporto coloca a cidade como uma das favoritas. Aí, o questionei: ‘Mas precisamos terminar de verdade o nosso aeroporto’. Ele me respondeu que isso será feito. Não me convenceu muito, mas ele está na dele. Aí já é um ponto de vista meu: estamos muito atrás de outros candidatos.
Sobre os próximos passos, ele explicou que na verdade, o que tem que se fazer é atender os pré-requisitos do caderno de encargos da FIFA, que exige uma boa rede hoteleira e um estádio que atenda algumas exigências, como banheiras nos vestiários e melhores acomodações para a imprensa.”
• A exemplo do Rafa, também não compartilho desse otimismo todo…

BOAS PERSPECTIVAS
“Dois assuntos discutidos na entrevista me chamaram a atenção especialmente. O primeiro deles é que a possibilidade do Max implantar o vôlei masculino de alto rendimento em Bauru está muito próxima, principalmente depois da parceria com a Panela. Outro tema relevante é de que Bauru pode se tornar polo de desenvolvimento do basquete feminino, numa parceria entre a SEMEL e a Confederação Brasileira de Basquete. A princípio a parceria seria efetuada apenas nas categorias de base.”

Da parte que ouvi, achei engraçado Batata falar em ‘soltar foguete’ no dia da assinatura do contrato de locação. Realmente, será um alívio. Agradeço ao Rafa pelo e-mail e parabenizo pela iniciativa. Aliás, não me canso de repetir: ele sempre leva a bandeira de Bauru onde o esporte da cidade estiver.

Foto na homepage: Arquivo/Agência Bom Dia