CANHOTA 10

Paschoalotto/Bauru, novo elenco (5)

O mercado basqueteiro deu uma esfriada pelos lados de Bauru. Tudo em ordem: há tempo até o início da pré-temporada, tanto que o técnico Guerrinha está em férias – não que esteja com o telefone desligado… Mais: os tais co-patrocinadores prometidos pela Paschoalotto ainda não foram anunciados. Então, é melhor não colocar a mão no bolso antes de contar com ele. Mas alguns pontos estão muito claros:

• Virá um ala (estrangeiro) pontuador da posição 3. Não há pressa para esse nome. Pelo contrário. Quanto mais analisado e negociado for esse nome, maior o índice de acerto – para não vir outro Nathan Thomas (bom garoto, mas limitado tecnicamente). Por isso, durante essa espera é natural surgirem possibilidades. Leroy Hickerson foi falado, mas é caro. Então, fiquemos com os planos B: Sek Henry, Taboada, Janis Porzingis. Washam também seria uma boa. E volta à memória o ala SCOTT RODGERS, do chileno Leones – também elogiado por Guerrinha. Mas tudo especulação, gente! Alguns leitores/torcedores ficam bravos, achando incompatíveis com o caixa do time, mas virá somente UM desta lista – que deve ter outros nomes listados. Ah! A renovação de Robert Day com Uberlândia acaba com o sonho do Dragão de contar com ele.
ATUALIZADO: apesar de até o site da Liga ter publicado, Robert Day ainda não assinou o contrato de renovação – que está pronto, mas ainda não viu a cor da caneta. Então, por enquanto, Bauru ainda pode ter esperança (a proposta ao jogador foi feita e foi uma boa oferta).

• O pivô 4/5 deverá vir para revezar no garrafão com Jeff, Pilar e Andrezão. Não necessariamente será um titular absoluto, mas terá muitos minutos em quadra – e nenhum nome surgiu até agora além de DRUDI. Deduz-se que a permanência de Mosso depende do nível dessa negociação, do quanto vai se gastar com esse reforço. Dentro do raciocínio bom e barato, tem surgido nos fóruns da torcida no Facebook, com certa força, o nome de DEIVISSON, que atuou no NBB4 por Araraquara (que desfiliou-se da Liga Nacional de Basquete). Fica a dica da galera para a diretoria – que, aliás, está sempre atenta ao noticiário e às redes sociais, inclusive se manifestando.

• Não há nenhuma movimentação aparente sobre o ala-armador. Tenho comigo que Bauru está esperando a definição do NBB4 para fechar o assunto Ricardo Fischer. Vai ser difícil, o irmão do camisa 14 bauruense está valorizado após o convite de Rubén Magnano para os treinos – a sondagem de Uberlândia, conforme adiantou o Jornada Esportiva, houve de fato. E há outros clubes de olho no rapaz.

Bábby, o sonho irreal e polêmico. Deivisson, o desejo possível, que cabe no bolso e a torcida quer

A grande novidade da semana foi o anúncio de que pivô RAFAEL BÁBBY retornará às quadras. Claro que mexe com todo o mercado. Mas a princípio não se encaixa no perfil do elenco bauruense, porque é muito caro e joga na mesma posição de Jeff Agba – não seria bom ter dois cincões lentos. De qualquer forma, é bom ficar de olho, pois o rapaz tem passado em Bauru e pode baixar a bola (e a pedida salarial) pois está voltando de um período inativo e tem seus poréns: seu humor inconstante pesa contra, assim como o histórico de contusões. Nunca se sabe se Bábby chegará ao fim do contrato.
Atualizado: em entrevista ao jornal Comércio da Franca, Bábby disse que sua preferência é jogar em Franca, pois estabeleceu-se na cidade – tem uma academia lá. Mas o contato com o clube da capital do basquete só será feito após aval do novo treinador, que ainda não foi contratado. O pivô revelou que já foi sondado por Pinheiros, Mogi das Cruzes e por um clube argentino. 

Comentários

  1. Jonathan disse:

    Deivisson é um nome que eu comento há muito tempo , acho que seria o reserva ideal pro Jeff , em questão do Scott do Leones , ele é 2 né!
    Se tem o caixa pra fazer 1 contratação de peso , tem que demorar mesmo , estudar bem pra não fazer besteira , porque arriscar em estrangeiro é dificil , não é só o lado atleta , tem o lado pessoal do cara também , não é sempre que se acha um Larry , Shamell.
    Estamos aí , na esperança de um estrangeiro 3 , R.Fischer e Drudi ou Deivisson.

    VAMO BAURU!

  2. Jonathan disse:

    Me veio a cabeça o Shipp que jogava no Minas , alguém sabe onde anda ? Seria um bom jogador pra 3.

  3. Jonathan disse:

    Gostaria de saber também onde está o John Thomas ex Assis , se alguém sabe onde anda esses 2 jogadores , postem ai..

  4. Augusto disse:

    Jonathan, também já citei muitas vezes nos meus comentários o John Thomas, gosto muito do estilo de jogo desse atleta, a última informação que obtive de seu paradeiro, era o México.

  5. Rodrigo Paulista disse:

    Gostaria de esclarecer que conseguimos trazer outros patrocinadores para o Bauru Baket, são eles: Microcity, 3corp Alcatel, NetSite e Otima Telecom, por enquanto esses 4, estamos buscando outros! Montaremos um bom time!