CANHOTA 10

Mais notícias da China!

Canhota 10 mantém contato com Guerrinha

Sigo em contato com Guerrinha, por e-mail, a exemplo dos colegas do Jornal da Cidade. No início da tarde desta quarta (18/5), o treinador do Bauru Basket enviou e-mail informando o resultado da terceira partida da série de amistosos na China, já valendo por um segundo quadrangular.

O combinado brasileiro perdeu para o time de Santa Barbara, dos Estados Unidos, por apenas dois pontos (ele não especificou o placar). Guerrinha descreve detalhes da partida:

“Sem poder contar com o jogador Pilar, que teve um leve entorce no tornozelo e provalvemente joga o quadrangular na sexta e sábado. A equipe brasileira fez ótimo primeiro quarto, terninado em 25 a 25. No segundo, melhorou na defesa e fez vários contra-ataques, fechando o primeiro tempo com vantagem de oito pontos, 50 a 42.

No terceiro quarto, a equipe americana melhorou seu ataque, apoiando-se no rebote ofensivo e fechando o quarto com vantagem dos brasileiros, 62 a 58. O último quarto foi emocionante, com as equipes alternado no placar. Faltando 28 segundos, com o jogo empatado e posse da bola para bater o lateral no ataque, o árbitro chinês decidiu o jogo a favor dos americanos, penalizando a equipe brasileira com uma falta técnica, quando o  jogador americano da equipe de Santa Bárbara discutia com o americano Jason, da equipe brasileira, que estava na quadra, e com outro americano, Lebron, que estava no banco, e com todos.”

Números enviados pelo treinador como destaques do jogo:
• Gaúcho: 23 pontos, sendo quatro bolas de três pontos de seis arremessadas
• Douglas: 22 pontos e 13 rebotes
• Amiel: 12 pontos
• Jason: 11 pontos

Na sexta feira (20/5), o “Brazil All Stars” enfrenta o Shanxi Dragons, da liga chinesa, em Shijiazhuang. O combinado croata enfrenta Santa Barbara na outra partida do quadrangular.

Abaixo, foto da equipe:

Em pé (esq. para dir): Amiel, Pilar, Douglas Nunes, Alex, Lebron Benning, Adam Brooks e Guerrinha; agachados: Gui, Thyago Aleo, Zezinho, Gaúcho, Jason Fontennet e Guilherme Guerra.

O cubano Amiel Vela, ala/pivô, terminou o último NBB pelo Vitória com média de 14,4 pontos ; Alex, segundo Guerrinha, tem 2,12m; os norte-americanos: Lebron Benning (pivô) tem passagens pelo basquete da Suíça e do Chipre, Adam Brooks (ala) , saiu agora da universidade e Jason Fontennet (armador) é da cidade de Phoenix e já jogou na Grécia e na Itália; já o armador Guilheme Guimarães apenas compôs o grupo do Flamengo.  Atualizado: o Guilherme da foto é Guilherme Guerra, filho de Guerrinha, que viajou a convite dos organizadores da excursão e vestiu uniforme apenas para completar os 12. Ele já jogou basquete, mas hoje é engenheiro ambiental e trabalha em Ribeirão Preto.

Por fim, Guerrinha perguntou como vão as coisas por aqui, finalizando com a palavra ginásio seguida de reticências… Contei a ele o que Batata, secretário de esportes, comentou comigo há uma semana: texto da licitação no jurídico da Prefeitura. Quando sair e o martelo for batido, acha que em um mês a reforma será concluída. Ele acha possível entregar a tempo de o Bauru Basket pleitear a sede do Sul-Americano de Clubes. Eu não sou tão otimista, mas torço por isso.

Comentários

  1. Fernando disse:

    Cara parabens, achei seu site na reportagem do JC e ja coloquei nos meus fvoritos, fantastica cobertura do ITABON, belas imagens e excelente conteudo. Fico triste quando se fala na Panela, acho que deviamos botar a boca no trombone de novo, pois do contrario isto vai se arrastar mais uma vez. Achei interessante esse armador Jason e tambem Amiel, seriam bons reforços. Um abraço e parabens novamente!!!