CANHOTA 10

O retorno vencedor de Lucas Vezaro, ex-Bauru, ao basquete

lucas-vezaro-basquete

A foto acima tem muito significado. Nela, o armador Lucas Vezaro recebe a premiação de atleta destaque do Campeonato Catarinense de basquete de 2016. Nenhum estranhamento, considerando seu inegável talento, com passagem pela base da Seleção Brasileira, e tendo sido o cestinha (15,2 pontos por partida) de sua equipe, o Joinville, no estadual. Mas é uma conquista, sobretudo, porque uma ano antes dessa foto ele fora obrigado a abandonar as quadras.

Defendendo o Dragão, Lucas Vezaro disputou duas edições da LDB e atuou no time principal nos Paulistas de 2014 e 2015. Foto: Caio Casagrande/Bauru Basket

Defendendo o Dragão atuou no time principal nos Paulistas de 2014 e 2015. Foto: Caio Casagrande/Bauru Basket

Após disputar as finais do Paulista sub-19, em novembro de 2015, defendendo o Bauru Basket, o jovem jogador descobriu que tinha um tumor maligno no sistema linfático. Vezarinho (chamado assim por aqui por ser irmão caçula de Felipe Vezaro, também ex-Dragão) iniciou rapidamente o tratamento, encarou quimioterapia. Deixou muitos amigos em Bauru e toda a comunidade basqueteira apreensiva e uma forte corrente de oração se formou.

Era preciso dar privacidade e tranquilidade para a família superar esse momento, mas, devagarinho, as boas notícias foram chegando. No início do segundo semestre deste ano, ele já estava de volta às quadras! No Joinville, ao lado do experiente pivô Olívia e dos alas Jordan Burger e Jefferson Socas, mostrou que não desaprendeu a jogar! Aos 20 anos, é o destaque do time, campeão do Jogos Regionais e terceiro colocado no Catarinense.

“Estou superbem. Curado. Gostaria de mandar um abraço a todos aí de Bauru que torceram pela minha recuperação e que oraram por mim!”, disse Lucas Vezaro ao Canhota 10.

Em Bauru, o armador é dessa geração de Eltink, Wesley e Yuri Sena, Gui Santos, Henrique Cerimelli, Renan Previdello e Felipe Smith. Defendeu o Dragãozinho nos estaduais da base, na Liga de Desenvolvimento e, no adulto, nas fases iniciais do Paulista em 2014 e 2015.

Essa história de vida vitoriosa foi destaque na edição de ontem (19/nov) do programa Esporte Fantástico, da TV Record. Se você não viu, vale a pena conferir abaixo. Seja feliz, Vezarinho!

 

Foto topo: Reprodução