CANHOTA 10

Itabom/Bauru sai na frente nas oitavas

Luquinha avança, para o descanso de Larry. Foto de Assis Cavalcante/Agência Bom Dia

Post atrasado, mas não pode passar em branco o bom início do Itabom/Bauru nas oitavas do NBB4. Os guerreiros bateram a Liga Sorocabana, em Sorocaba, por 82 a 76 – o mesmo time que impôs a última derrota bauruense na competição. Desta vez, com o time completo (ufa!), valeu a maior experiência e o elenco mais qualificado. A tendência é que seja 3 a 0 na série, mas é bom não subir no salto! A seguir, algumas observações:

• Gaúcho está em boa fase: nos três últimos jogos, sua média é de 19 pontos. Com Pilar e Fischer readquirindo ritmo de jogo, ele se tornou primordial para a pontuação, ao lado de Gui – um dos dois tem que fazer dois dígitos.

• Larry Taylor, visivelmente sem a forma física ideal, está arriscando menos sua jogada característica, a infiltração. Mas segue pontuando muito, pegando rebotes e assistindo. Alienígena, como se sabe. Mas ainda bem que pode descansar alguns minutos, pois Luquinha tem contribuído – ele se tornou especialista em guardar bolas no zerar do cronômetro.

• Douglas Nunes teve atuação discreta: apenas três pontos em quase 20 minutos em quadra. Sinceramente não sei a quantas anda a crise de relacionamento entre o pivô e o Bauru Basket, mas nem é momento de ir fundo nessa história e, sim, torcer para que se entendam – e o camisa 13 volte a executar seu melhor basquetebol.

• Quanta diferença ver o time completo: isso se reflete nos minutos jogados. Em outras ocasiões, o quinteto principal ficava mais de 30 mintuos em quadra – dessa vez, ultrapassaram essa marca apenas Gaúcho (33) e Larry (31).