CANHOTA 10

Itabom/Bauru larga com vitória no Paulista

Não há como não ser otimista. O Itabom/Bauru Basketball Team estreou no Campeonato Paulista de basquete masculino com vitória, fora de casa, sobre o Metodista São Bernardo, por 93 a 88 – com virada no último quarto. O armador Larry Taylor, com 35 pontos e sete assistências, não fugiu de sua responsabilidade de craque do time. Fischer (19 pontos), Douglas Nunes (nove rebotes) e Jeff Agba (oito rebotes) também se destacaram. Continuo apostando em, no mínimo, uma semifinal. O próximo jogo da equipe bauruense é dia 18 (quarta), às 20h, contra o XV de Piracicaba no ginásio da Luso.

Aproveito a ocasião, pois estava devendo, para contar bastidores da festa de lançamento do time na última segunda (9/8). Coquetel saboroso e ótimo acolhimento da imprensa por parte do assessor e colega Gabriel Pelosi. O evento foi elogiado pelo gerente executivo da Liga Nacional de Basquete (LNB), Sérgio Domenici, com quem conversei bastante. Segundo ele, poucos clubes que disputarão a terceira edição do Novo Basquete Brasil (NBB) têm tamanha organização e envolvimento com a comunidade como o Bauru Basket.

Também tive a oportunidade de conversar com o técnico Lula Ferreira, campeão do NBB 2 por Brasília, que veio prestigiar o amigo Guerrinha. Ele fez um relevante comentário – com o qual  Domenici concordou: o Itabom/Bauru tem um dos melhores custos-benefício do basquete brasileiro. Lula explicou que fazendo uma relação entre os resultados almejados/alcançados pelo time e o quanto é gasto com ele, a equação é bastante positiva, se comparada aos cerca de R$ 3 milhões gastos por ano pelo Flamengo, por exemplo.

Por fim, o prefeito Rodrigo Agostinho, conhecido arroz de festa e notoriamente administrando Bauru com muita vontade, revelou a mim e ao repórter Bruno Mestrinelli, do Bom Dia Bauru, que logo a cidade terá mais dez quadras poliesportivas, já licitadas. Seguem as inaugurações de academias a céu aberto e o estádio distrital Edmundo Coube está com reforma saindo do forno. Nem entusiasta de política eu sou – e não votei em Agostinho – mas quem arregaça as mangas merece citação.

Como merece muitos aplausos o treinador Guerrinha, que abraçou a causa do basquete bauruense e evoluiu de um time de garotos afobados para um elenco encorpado e experiente, que logo trará títulos expressivos para a cidade.

Comentários

  1. Thompson disse:

    Ótima estreia do Douglas, 13 pontos, 9 rebotes e 2 tocos. Vai assumir a posição 5, de pivô, e deixar o Jeff jogar de 4, sua especialidade. Julio Toledo jogos apenas 5 minutos. Machucou?