CANHOTA 10

Guerreiros do bem!

Itabom/Bauru Basket levou ajuda e carinho aos internos do Lar Rafael Maurício

Não é novidade que o Bauru Basket tem uma atuação de responsabilidade social fantástica. Mas, nunca é demais elogiar, divulgar e comemorar que brotam sorrisos por onde esses guerreiros passam. No último domingo (20/3), o Lar Escola Rafael Maurício, que passa por situação de muita precariedade, recebeu a visita do time, ou melhor, da agremiação. Afinal, foram diretores, comissão técnica e jogadores, sem exceção. Some-se aos guerreiros voluntários como integrantes da torcida Fúria e alunos da FIB, além de empresários que, além de doações, levaram sua disposição.

Sim, teve mão na massa. Divididos em equipes, os Guerreios do Bem atuaram em várias frentes.

A equipe de pintura contou com as mãos certeiras de Guerrinha, Fischer, Douglas Nunes e Lucas, sob o comando do diretor Vitinho Jacob.

A diretora Zeila coordenou os trabalhos da plantação de 60 mudas de árvore, com a ajuda do presidente Pedro Poli e de Larry Taylor, Pilar, Ricardo e Renato.

Nos reparos aqui e ali, claro que não poderia faltar o Seo Zé, que contou com o providencial auxílio de ‘pequeno’ Jeff Agba para trocar as lâmpadas.

O auxiliar técnico Hudson Previdelo e os alas Alex e Castellon mandaram ver na chave de fenda e montaram novas camas para os internos.

Na recreação, Thyaguinho Aleo, Ferrugem e Gui, com as turmas da FIB e da Fúria jogaram – e dançaram ao som do DJ James. O locutor Joseph de Jesus também animou a bagunça.

Confira fotos (divulgação Bauru Basket):

Fischer se diverte; Larry e Zeila plantando muda

Equipe de pintura a postos e com a mão na massa

Com Castellon e Alex, equipe monta camas novas

A turma da plantação

Recreação: basquete (claro!), futebol e muita música

É por um domingo como esse que tanto se clamou pela permanência do time de basquete na cidade. Além de divulgar o nome de Bauru, envolve-se com a comunidade, estende a mão – além do Guerreiros do Bem, há ainda o projeto Cesta Mágica, com suas clínicas de basquete nos quatro cantos da Sem Limites.

Outro destaque importante: as empresas que fizeram doações ou disponibilizaram serviços merecem ter seus nomes divulgados. A responsabilidade social está, sim, na moda, mas não pode ser encarada como mero oportunismo marqueteiro. Crédito, então, a quem o tem:
• Support e Compac (equipamentos e lâmpadas)
• Copical (tintas)
• Zopone (computadores)
• Bauru Gelo (água para a ação)
• Unimed (ambulância a postos no local)
• Obeid Hotel (camas)
• Madeireira Brasil (portas)
• Do Lar (montagem das camas)
• Mezzani (massas)
• Confiança (ingredientes)
• Itabom (frango)
• Padaria La Brunette (pães)
• Bebidas Fernandes (refrigerantes)