CANHOTA 10

Embalado, Bauru Basket será testado amanhã

O começo é perfeito. Na noite de ontem, o Itabom/Bauru venceu, em casa, o Rio Claro por 88 a 77, com Larry Taylor novamente desequilibrando. Quase chegou ao triplo-duplo (três estatísticas com dois dígitos), com 19 pontos, nove rebotes e oito assistências. Para tirar a desconfianças de que os três primeiros adversários facilitaram a tarefa do time até agora, o time bauruense tem uma excelente prova de fogo amanhã (22/8), contra o Pinheiros (também com seis pontos), lá em São Paulo.

“Vai ser uma partida difícil. O Pinheiros é uma equipe que foi formada para ser campeã e vai jogar em casa. Será um confronto direto, pois, se vencermos, assumimos a liderança. Evoluímos em relação ao jogo passado, mas ainda cometemos muitas falhas e precisamos melhorar”, disse o técnico Guerrinha, via assessoria.

Para os que gostam de números, aí vão os do jogador mais eficiente do Paulista até agora, Larry Taylor – o ALIENÍGENA, como bem apelidou o Jornada Esportiva. O camisa 4 de Bauru é o:
• cestinha do campeonato: 23,7 pontos por jogo
• maior ladrão de bolas: 4,3 (quase metade das roubadas de bola do time)
• terceiro em assistências: 7,3
• 15º reboteiro: 6,3 (e ele não é pivô…)

O Itabom/Bauru tem média de 95 pontos por jogo, sendo:
• 25% em bolas de três
• 55% em arremessos de dois
• 20% em lances livres
A média baurense em rebotes é de 20 defensivos e sete de ataque por jogo