CANHOTA 10

Bauru Basket: balanço da 1ª fase do NBB

Guerrinha orienta o time na última partida da 1ª fase: que venha o Paulistano! Foto de Gilson Borba/F5Fotoagencia/NBB

Números ajudam a explicar a grande campanha do time bauruense

O Interligas fica para a próxima, mas não é de se lamentar. Afinal, para um time que começou desacreditado, após cair nas quartas do Paulista – e o próprio técnico Guerrinha dizia na ocasião que o Itabom/Bauru era a quinta força de São Paulo – esta quinta posição deve ser muito comemorada. Uma derrota a menos do que os poderosos Franca, Pinheiros, Brasília e Flamengo!

Claro que, do Paulista pra cá, chegaram Pilar, Castellon e Lucas, que encorparam bastante o elenco e melhoraram a qualidade do revezamento – o próprio Guerrinha já comentou, em entrevista ao Canhota 10, que este é o melhor grupo, em termos táticos, desde o reinício do projeto. Time reforçado, espírito guerreiro tinindo e pronto: o Bauru Basket joga de igual para igual contra qualquer um. Por isso, é destaque em muitas das estatísticas desta primeira fase do Novo Basquete Brasil (NBB).

Os números também dão pistas do que pode ser melhorado, como o aproveitamento ruim em lances livres. E precisa roubar mais bolas. Em compensação, o Itabom/Bauru chuta melhor de três no NBB e é o melhor reboteiro como visitante. Confira:

DESTAQUES

Bauru tem o melhor aproveitamento em arremessos de 3 pontos: 39,7%
como mandante: 43,3% (1º) • como visitante: 35,4% (6º)

É o time que menos erra! Apenas 8 violações por partida
mandante: 7,5 (1º) • visitante: 8,6 (2º)

Média de pontos por partida: 86,4 (4º)
mandante: 92,2 (3º) • visitante: 80,5 (6º)
51% desses pontos em bolas de 2
32% em chutes de 3
17% em lances livres
(Flamengo é o primeiro, com 87,9)

Rebotes por jogo: 32,9 (2º)
mandante: 31,2 (7º) • visitante: 34,6 (1º)
68% defensivos
32% deles ofensivos
(Brasília lidera quesito, com 34,5)

Assistências: 14,9 a cada partida (5º)
mandante: 18 (4º) • visitante: 11,9 (10º)
(São José é melhor em passes decisivos, 18,7)

Roubadas de bola: 6,8 por jogo (10º)
mandante: 7,7 (5º) • visitante: 5,9 (14º)
(Brasília é o time ladrão: 8,6)

4º time menos faltoso: 18,6 infrações por partida
mandante: 18,6 (2º) • visitante: 18,5 (5º)
(São José bate mais: 22,1)

10º time que mais recebe faltas: 18,6 por jogo
mandante: 18,6 (11º) • visitante: 18,9 (8º)
(Uberlândia apanha mais: 20,3)

DESTAQUE INDIVIDUAIS

FISCHER
• cestinha de Bauru: 17 pontos por jogo (do NBB, Marcelinho, do Fla, 26,8)
• é quem mais fica em quadra no time: 32,6min
• 3º mais eficiente em bolas de 3 pontos: aproveitamento de 51,2% de 164 arremessos*
* Entretanto, quem está a sua frente chutou muito pouco. Paulão, de Assis, tem 71,4%, mas chutou apenas 7 vezes (acertou 5); Lucas (Bauru) também acertou 5 de 7

JEFF AGBA
• 6º reboteiro do campeonato: 7,5 por jogo (o líder é Olivinha, do Pinheiros, com 8,9)
• 5 duplos-duplos

LARRY TAYLOR
• jogador mais eficiente de Bauru, e o 9º do NBB (Marcelinho é o primeiro)
• 3º melhor assistente: 5,8 por jogo (Fulvio, de São José, é o melhor com 7,7)
• 3º ladrão de bolas: 2 por jogo (Collum, de Uberlândia, toma 2 também)
• único TRIPLO-DUPLO até agora no NBB3
• 2 duplos-duplos

PILAR
• atenção! 4º jogador mais faltoso do NBB: 3,3 infrações por jogo
• 4 duplos-duplos

LUCAS
• tudo bem que chutou muito pouco, mas tem o MELHOR APROVEITAMENTO em chutes de 2 (83,3%, 5 de 6) e de 3 (71,4%, 5 de 7) entre todos os jogadores do NBB

THYAGO ALEO
• 2º melhor aproveitamento em lances livres: 93,8%, 14 de 15 (só perde para Helinho, de Franca,com 97%)

Comentários

  1. Kelly disse:

    É isso ai, vamos com tudo pra 2º fase. Parabéns ITABOM/BAURU.